quinta-feira, 12 de maio de 2016

Wizarding World of Harry Potter: Hogwarts + Hogsmeade


Nesses últimos dias, tenho me sentido extremamente saudosa em relação ao intercâmbio, só que dessa vez meu coração está apertado não pela Disney - ok, pela Disney sempre -, e sim, pelo meu outro amorzinho em Orlando chamado Wizarding World of Harry Potter. Quem já me conhece sabe que sou a bruxa louca do Harry Potter, que o amor é tanto que já me fez criar eventos e gincanas baseados nesse mundo maravilhoso, ter e participar de vários fã-clubes (when this was a thing!) e saber de cor e salteado falas, filmes e, inclusive, tudo sobre o parque criado pela Universal. Sabia que um dos pontos altos do intercâmbio seria poder entrar, finalmente, nas páginas do livro e conhecer de pertinho o mundo mágico que tanto me fascinou na infância e continua me fascinando até hoje.




Me programei para comprar o annual pass da Universal quando chegasse em Orlando, porque assim poderia ir quantas vezes conseguisse nos dois parques. A Universal (bem espertinha) criou uma extensão do WWOHP em seu outro parque, sendo assim, temos Hogwarts + Hogsmeade no Island of Adventure e o Beco Diagonal no Universal Studios. Eles também conectaram os dois parques através do Hogwarts Express, então é possível se locomover de um lugar ao outro embarcando no trem vermelho de Hogwarts, que faz os percursos de ida e volta. 



É válido lembrar que para entrar no Hogwarts Express você precisa ter ingresso para o outro parque ao qual você estará indo. O annual pass que comprei me garantia entrada ilimitada em qualquer um dos dois parques, o que me deixou muito feliz, porque até que enfim pude entrar naquele trem-vermelho-mega-bruxo-recebi-minha-carta-tô-indo-graças-a-Merlin-tchau-trouxas. Devo ter pego ele umas três ou quatro vezes! <3 Ah, e fica a dica que as imagens que passam pela janela do trem variam de acordo com o sentido que você está indo.



Se eu surtei? Claro que surtei, por sete bloody vezes (quantidade de dias que fui pra lá)! Muitos momentos sentia vontade de sentar no chão e começar a chorar com tanta felicidade que mal cabia em mim. É perfeito, simples assim! E olha que pra eu admitir que algo é ideal, impecável, desprovido de defeitos e completo, é muito, muito difícil. Tudo foi feito com detalhes absurdos, das construções tortas aos espaços apertados das lojas de Hogsmeade, do magnífico castelo de Hogwarts à ambientação maravilhosa das filas de cada atração. Sério, poderia morar naquelas filas, não não, poderia casar com aquelas filas. Nada se compara a sensação de tomar uma cerveja amanteigada enquanto você assiste ao show das veelas da Beauxbatons próximo ao castelo. É lindo demais, é Harry Potter demais!




Todos que trabalham estão caracterizados com os uniformes da escola ou roupas bruxíssimas de comerciantes, não tem como não se sentir o próprio Harry andando por aquelas ruas pela primeira vez. Era impossível conter o sorriso enquanto andava por horas e horas naquele lugar, com olhos arregalados que cintilavam como se eu fosse uma criança admirando um doce. E até isso fiz! Entrar na Honeydukes, além de ser prejuízo na certa, é pedir pra ficar babando por todos aqueles doces bruxos envoltos em embalagens com as cores rosa e verde.





Uma das coisas mais legais que fiz no meu primeiro dia foi comprar a varinha interativa. O parque possui áreas, demarcadas no chão por símbolos de feitiços, exclusivas para se praticar bruxaria com esse tipo de varinha. É só ficar atento às vitrines das lojas de Hogsmeade que você vai encontrar os lugares em que poderá testar suas habilidades. Se não me engano paguei 52 dólares pela varinha, escolhi a minha da Hermione, mas existe de outros personagens também. Além dos modelos iguais as do filme, foram criados outros modelos de varinhas distintos para os que preferem ter a sua com estilo próprio.


 

Queria ter feito essa postagem falando dos parques da Universal como um todo, mas é muito difícil focar em outra coisa a não ser a parte do Harry Potter. Todas as vezes que eu ia pra lá, ficava em torno de uma ou duas horas aproveitando o parque e depois passava o resto do meu tempo no WWOHP. HAHA. Pode ser que vocês não encontrem muita utilidade no post, mas era o que eu gostaria de compartilhar com vocês hoje, porque considero uma experiência simplesmente fantástica, que todo o fã de Harry Potter deveria ter um dia. 

Contem pra mim o que mais vocês gostariam de ver dos parques do nosso querido bruxinho.
Tenho bastante vídeos a respeito que pretendo postar em breve!

That's all, buddies!
xx

4 comentários

  1. Quando eu for para lá, vou surtar também. Simplesmente preciso conhecer esses parques, é muito amor, é HARRY EFFING POTTER! Gente, acho que vou chorar de emoção, sério mesmo. Quase chorei quando fui no Harry Potter Studio Tour na Inglaterra...
    Beijos
    Mari
    Sorteio no blog Pequenos Retalhos: Livro Mentira Perfeita. Participe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOOOSSA, choraria de certeza nesse tour da Inglaterra. Deve ser emocionante demais ver as coisas usadas no filme. <3 no parque a sensação é um pouco diferente, porque parece que você está vivendo mesmo dentro dos livros. Um dia você conhece lá!
      Beeijo

      Excluir
  2. Quando eu fui pra orlando em 2009 eles estavam construindo ainda a area, desde então morro de vontade de voltar pra conhecer. Deve ser muito mágico!
    Beijos,

    Amanda
    http://talesandtalks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, menina, pura magia dos livros na realidade. Teria ficado doida se estivesem construindo coisa enquanto eu estava lá, não ia aguentar meu coração. Mas você vai ter outra oportunidade pra ir e conhecer essa parte, continua sonhando. *-*
      Beeijo

      Excluir